Em 1996 a Volks modificou o sistema de injeção eletrônica multiponto da Bosch para a Magneti Marelli para a linha 1997 do Santana
Linha 1997

Em 1996 a Volks modificou o sistema de injeção eletrônica multiponto da Bosch para a Magneti Marelli para a linha 1997 do Santana e Quantum, havendo melhores índices de consumo e desempenho. 

Os motores eram o 1.8 de 99,3 cavalos para a versão a álcool e 96,9 cavalos para a versão a gasolina, no motor 2.0 era 112,3 cavalos para a versão a gasolina e 117,6 cavalos para a versão a álcool. 

Os modelos eram o 1.8 e 2000Mi que eram as versões de entrada, aposentava a sigla CLi, o Evidence com seu estilo esportivo substituía o GLi, e o encarregado da versão mais luxuoso ficou para o Exclusiv, ocupando o lugar do GLSi. 

Toda linha 1997 passou a incorporar grades e pára-choques pintados na cor do carro, direção hidráulica progressiva como item de série para todas as versões. A traseira era facilmente identificada por utilizar lanternas fumê.