Quantum CL 2000



 

Um modelo simples, mas com muito conforto, espaço, status e mais potência. Equipada de quatro portas e direção hidráulica progressiva, a Quantum CL 2000 1988 custava na época 4% a menos que uma Parati GLS, a versão mais equipada da perua pequena.

Tratando-se de um modelo que era comprado somente por encomenda, um simples rádio AM/FM, vidros verdes degradê e tampa sanfonada no porta-malas acrescentavam mais 8% no seu preço final, enquanto que ar-condicionado e rodas de liga leve representariam mais 20,5%.
 


 
Externamente, ela se diferenciava pelo o uso de calotas e bagageiros cromados, mantendo seu estilo de perua familiar. Internamente, os bancos utilizavam um tecido muito simples, bem rústico, de trama grossa e macia, mas com sua vantagem no verão, que aquecia bem menos que os bancos aveludados. Oferecia um painel bem simples, sem conta-giros, e também não dispunha de menos vidros, travas e retrovisores elétricos.

O motor era o 2.0 de 99 cavalos - na época, o motor mais potente da Volkswagen - que utilizava uma transmissão com melhoras na embreagem, que não era tão dura quanto antes. Possuía um desempenho ideal para o seu tamanho e peso.
 

         

 

 

© Santana Fahrer Club 2003-2006. Todos os direitos reservados.